Piranha

As piranhas são peixes muito temidos nas regiões próximas aos rios da América do Sul, onde são encontradas.

A piranha é famosa por seus dentes afiados

Por atacarem em bando, serem muito ágeis e com uma mordida poderosa, estas carnívoras já foram tema de vários filmes de terror devido aos registros de ataques a grandes animais como bois, vacas, cachorros e até mesmo humanos.

Porém, mais do que medo, a piranha oferece a oportunidade de uma pesca excitante trazendo como resultado a carne que é considerada afrodisíaca e é muito apreciada.

A piranha tem uma carne apreciada por muitos

Significado da palavra Piranha

O nome do peixe vem do termo indígena Tupi Guarani pirá-anhã , que significa peixe diabo ou peixe com dente.

Outras tribos utilizam termos próprios como pira-raim, que significa peixe que corta.

Principais Características

O seu nome científico é Pvygocentrus nattereri, ela vem da família dos Characidae que pertence a subfamília Serrasalminae.

São peixes pequenos de dentes pontiagudos e afiados

São peixes pequenos, com uma média de 15 até 25 cm de comprimento. Alguns raros exemplares podem passar dos 40 cm.

Suas mandíbulas são fortíssimas, o que contribui com um ataque feroz e perigoso.

A maior semelhança entre as piranhas são os seus dentes

E piranha tem 36 espécies diferentes e elas são reconhecidas facilmente devido a sua dentição ímpar, única.

Todas as piranhas possuem só uma fileira de dentes bem afiados nos maxilares de cima e de baixo.

Os dentes da piranha

Os dentes são muito fortes, individuais, em forma de triângulo que é bem pontiagudo e afiado como uma lâmina.

Os Tipos de Piranha

Como dito antes, são 36 espécies mas as espécies mais conhecidas são estas cinco:

  • Piranha do Orinoco

Ela tem o corpo cinza com um ponto preto abaixo dos opérculos, isto é, do lado da cabeça e antes das guelras e uma barriga vermelha ou laranja.

Piranha do Orinoco
  • Piranha de Barriga Vermelha

Essa possui a cor prateada, com manchas pretas nas costas e conforme cresce, sua barriga vai adquirindo a coloração vermelha. Se movimenta na água como se fosse um tipo de cobra ou enguia.

Piranha de Barriga Vermelha
  • Piranha do São Francisco

Estas vivem no Rio São Francisco, daí vem o seu nome. A sua pele é escura, um pouco esverdeada com uma barriga amarela e pequenas manchas claras na lateral do corpo.

Piranha do São Francisco
  • Piranha Negra

O seu corpo é escuro com eventuais tons de cinza, barriga mais clara do que sua cabeça e as barbatanas. Em formato de losango, focinho mais achatado, dentes muito desenvolvidos e seus olhos é de um vermelho intenso que chega a assustar alguns pescadores.

Piranha Negra
  • Piranha Iridescente

Esta espécie é a mais comum na Venezuela. Seu corpo tem forma de losango esticado, cor prateada com manchas amarelas nas laterais, cabeça pequena, olhos amarelos e sua barbatana inferior é vermelha.

Piranha Iridescente

Onde Encontrar a Piranha

A piranha está distribuída nas Bacias Amazônicas, Araguaia-Tocantins, Prata, São Francisco e nos açudes do Nordeste.

Hábitos da Piranha

Elas habitam rios, lagos e lagoas de águas barrentas.

São peixes onívoros, que come de tudo, e/ou carnívoros que vivem em água doce. Tem um apetite impressionante e é capaz de devorar ossos em minutos.

A espécie mais perigosa é a piranha vermelha, que consegue detectar o cheiro do sangue a quilômetros de distância.

A Piranha de Barriga Vermelha é considerada a mais perigosa

Ela vive em cardumes pequenos ou em meio a mais de 100 indivíduos. Elas caçam por perseguição mesmo ou fazem emboscadas.

Muitas vezes elas atacam os olhos e o rabo dos peixes para imobiliza-los.

Cardume de piranha atacando um peixe

Estas emboscadas servem não só para atacar suas presas mas também para se protegerem de seus predadores mais comuns que são o jacaré, o boto e as aves aquáticas.

Alimentação da Piranha

Embora sejam conhecidas por comer carne, as piranhas comem de tudo: peixes, insetos, moluscos, crustáceos, frutas, sementes, algas e plantas aquáticas.

As piranhas podem ser onívoras e carnívoras

Podem se alimentar também de pequenos animais terrestres que porventura encontrem.

Costumam se reunir embaixo de árvores onde alguns pássaros estão cuidando de seus filhotes e eventualmente estes caem na água, daí as piranhas não deixa nem as penas.

Elas podem esperar a comida cair do céu

Não costumam tolerar outras espécies em seus territórios. É comum observar em aquários outros peixes que mudam de cor para ficarem parecidos com a piranha e então serem poupados por estas.

Atacam outros do mesmo cardume ou de sua família quando o alimento está escasso ou até quando o estado de ânimo se encontra instável.

Devoram outras espécies de peixes ou até mesmo de seu próprio cardume.

Reprodução

Não há muita informação sobre sua reprodução. O que se sabe, foi concluído através da observação em cativeiro das espécies menos agressivas.

Sabe-se que ocorre em meados de Abril e Maio, durantes as estações chuvosas.

Quando o casal está preparado para a desova, eles fixam um território pequeno onde qualquer peixe que se aproxime será expulso de forma agressiva.

Não é fácil distinguir o sexo da piranha. Isso se dá somente pela observação da cor ou da barriga proeminente por estar cheia de suas ovas. Mesmo assim o método não é muito confiável ainda.

Nesta época o casal fica com uma coloração bem mais escura e seu comportamento fica mais agressivo e territorial.  

O macho começa então a construir um ninho no fundo tirando todas as plantas, pedras, e qualquer elemento que possa atrapalhar.

Com o ninho pronto, ele tenta atrair a fêmea para dentro, onde ela vai colocar os ovos que serão rapidamente fecundados. A fêmea põe mais ou menos uns 5.000 ovos.

Durante a reprodução a piranha fica muito agressiva. O macho chega a atacar até mesmo sua fêmea

Após a desova, o macho é quem protege o ninho, perseguindo qualquer peixe que chegar muito perto. Às vezes até mesmo a fêmea que desovou é expulsa dali, mas esta também ajuda a guardar o ninho.

Depois de mais ou menos 3 dias os ovos eclodem.

Nos primeiros dias, o próprio saco vitelino fornece os suprimentos necessários a sobrevivência, porém, poucos dias depois eles já nadam por si.

Alevinos de Piranha

Os alevinos têm uma coloração prata com pequenas manchas pretas pelo corpo. Sua cabeça é muito mais côncava do que a dos adultos e têm olhos muito grandes.

Os jovens crescem rapidamente, e nos primeiros meses podem crescer uma média de um centímetro por mês.

Elas chegam a crescer 1cm por mês

Em poucos meses começam a desenvolver a coloração vermelha em suas nadadeiras e na barriga, os pontinhos pretos vão sumindo e a cor prata passa a ser coberta por uma coloração mais cinza.

A sua maturidade sexual ocorre em torno dos 18 ou 24 meses. Quanto mais velha a piranha, mais escura fica sua coloração.

Vamos à Pesca!

Não existe grande dificuldade na sua pesca não, porém em se tratando de piranha, é sempre bom lembrar que seus dentes fortes podem cortar com facilidade a linha. Por isso é recomendado usar linhas de 10Lbs à 30Lbs.

Linha própria para pesca de piranha

A carretilha ou molinete tem de ter capacidade para armazenar 100 metros de linha de diâmetro de 0,40mm e o anzol, número 4/0 até 7/0 encastoado.

Anzol Encastoado

As iscas naturais ideais são pedaços de peixes ou pequenos peixinhos ou ainda pedaços de carne sangrando já que a piranha pode detectar o cheiro a muitos metros de distância.

Piranha fisgada com isca natural de pedaço de carne

As iscas artificiais devem ser aquelas que imitam outros peixes menores que fazem parte da alimentação natural da piranha.

Piranha fisgada com isca artificial

Leis Ambientais

A piranha também tem seu período de reprodução ou Piracema.

De um modo geral, este período está entre 01 de Novembro até 28 de Fevereiro.

Porém dependendo do local que que se vai pescar, pode haver uma pequena variação de dias. Cale a consulta aqui no site do IBAMA para conferir com certeza estas épocas de acordo com o local de pesca.

Piranha na Culinária

A carne da piranha tem uma textura firme e cheiro pouco acentuado. É muito apreciada tanto no tradicional filé frito quanto em pedaços cozidos e também no famoso caldo de piranha.

A piranha é considerada um prato forte e de muita energia

Valor Nutricional

É escasso o material sobre o valor nutricional da piranha em si. O mais acessível é encontrar seu valor nutritivo em forma de caldo de piranha.

Em uma porção de 233 gramas, vamos encontrar cerca de 40 Calorias, 1,9 gramas de Gordura , 0,0 gramas de Carboidrato e 5,3 gramas de Proteína.

Caldo de piranha

O famoso Caldo de Piranha além de uma delícia, tem fama de ser afrodisíaco!

Piranha Assada

Uma pedida muito gostosa é a piranha assada!

Costela de piranha

Que tal uma costelinha de piranha depois de uma bela pescaria?

Curiosidades sobre a Piranha

Elas podem mudar sua coloração
  • Algumas espécies de piranha mudam sua coloração completamente de acordo com a idade. Isso pode acontecer também devido ao stress ou indicam que elas estão na época de desova.
  • Tribos indígenas da Amazônia usam os dentes afiados das piranhas para fazer flechas.
  • Presidente dos Estados Unidos de 1901 até 1909, Theodore Roosevelt em uma viagem para a América do Sul tornou a piranha ainda mais conhecida. Em um de seus livros:

(Pelas Selvas Brasileiras) ele assim descreveu o peixe: “São os peixes mais ferozes do mundo. Mesmo os peixes mais formidáveis, os tubarões ou as barracudas, costumam atacar coisas menores do que eles. Mas as piranhas atacam habitualmente coisas muito maiores do que elas mesmas.(…)mutilam nadadores, despedaçam e devoram qualquer homem ou animal ferido(…)rasgam aves selvagens feridas aos pedaços; e mordem as caudas dos peixes grandes quando eles ficam exaustos ao lutar depois de serem fisgados(…)”. Assim a fama de vilâ da piranha se espalhou mais rapidamente pelo mundo.

  • Um estudo de 2007 diz que as espécies modernas de piranha se separaram de um ancestral comum há cerca de 9 milhões de anos atrás. Isto quer dizer, que elas habitam nosso planeta desde então.
Parte de um fóssil de manbíbula de piranha
  • A forma do dente é adaptada à sua dieta carnívora, sendo semelhantes na estrutura dos esmaltes, aos tubarões. Porém, diferentes destes grandes peixes marinhos, Parte de um fóssil de manbíbula de piranha
Os dentes são substituídos por fileiras, de uma só vez
  • Cientistas descobriram que quando as piranhas estão cercando ou lutando com outro peixe, elas emitem som, grunidos baixos que eles acreditam que funcionem como uma advertência para afastar outros peixes. Ouça aqui o som da piranha que afasta seus inimigos das águas.

Seja pela fama de mortais retratadas pelos diversos filmes de terror desde a década de 70, seja pelo famoso Caldo de Piranha que levanta até defunto, pelo menos é o que dizem, a Piranha é um peixe mais fácil de ser pescado mas nem por isso é menos interessante.

Vale a aventura para ir atrás dessa fera!

Piranha sendo pescada

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •