Lambari

O Lambari é um peixe sensacional, não só por proporciona uma fritada deliciosa, mas também por ser uma ótima isca viva.

O Lambari é um peixe muito bom para usar como isca viva

O Lambari é um peixe pequeno, de 10 ate 15 cm. É prateado e as nadadeiras variam de cor entre amarela, vermelha e preta.

Esse peixe tem o corpo alongado e meio comprimido e é facilmente reconhecido pelas manchas no corpo: uma próxima a nadadeira peitoral e a outra próxima da cauda.

Existem mais de 400 espécies denominadas lambari, algumas nem foram catalogadas ainda.

 

Esse é o tamanho médio do Lambari. Observe as duas manchas perto da cabeça e da cauda

Todas da família Astyanax, que ganhou esse nome em homenagem a Astíanx, herói da mitologia grega.

É um peixe abundante nos rios, lagos e lagoas das Américas: do rio Grande no México à Patagônia.

Localização do Lambari

O lambari é encontrado em todo o território nacional, e pode ser encontrado em cardumes em todas regiões do Brasil.

Esse peixe é encontrado inclusive em represas e lagoas construídas pelo homem.

Pode não parecer mas o lambari é considerado predador

Gosta de se alimentar a flor d’água e desova no começo da estação de chuvas.

Apesar do pequeno porte, é considerado o predador das águas, se alimentando muitas vezes de larvas de outros peixes.

O Lambari é encontrado em todas as profundidades, sendo que os maiores mais raramente vêm à superfície, além de também ficarem mais distantes da margem.

Hábitos do Lambari

O Lambari necessita de muito oxigênio para sobreviver, por isso a população dele diminui consideravelmente em águas pouco oxigenadas, como no caso de poluição.

A quantidade de Lambaris é um bom indicador da limpeza da água.

Cardume de lambaris

Reprodução do Lambari

Em 4 meses, o Lambari adquire a capacidade de se reproduzir. O peixe é ovíparo, ou seja, se reproduz através de ovos.

A fêmea põe ovos em poças d’água na margem dos rios. E podem por ovos mais de uma vez por ano. O macho fertiliza os ovos fora do corpo da fêmea.

Por volta de 30 a 60 dias, surgem os alevinos, o primeiro estágio de vida do peixe, até o desenvolvimento em 4 meses e o ciclo recomeça.

Alevinos de Lambari

Pesca de Lambari

Como o Lambari gosta de se alimentar a flor d’água, é facilmente visível.

Como é um peixe presente em vários rios, lagos, lagoas e represas, geralmente é o primeiro peixe que o brasileiro pega quando se inicia no esporte.

É presente em abundância nos rios, lagos e lagoas brasileiros e por isso, vários pescadores desenvolveram métodos diferentes de pescaria: um dos métodos mais usados é de isca de miçanga de cor amarela.

Isca de miçanga, ideal para a pesca de lambari

O que não deixa de fora vários métodos com iscas naturais: iscas de macarrão, queijo, farinha de trigo, etc.

Outra isca super utilizada é o sagu: cozinhado e lavado em casa e , principalmente, colorido em casa com corante amarelo gema. Alguns garantem ser a melhor isca para Lambari.

E como é um peixe pequeno e abundante, equipamento para pescar Lambari com frequência é muito simples: caniço de mão e anzol bem pequeno com isca também pequena. Ótimo para crianças!

O lambari é fácil de pescar e a criançada adora

Uma coisa legal é que durante a pesca do lambari você pode acabar pegando outros peixes pequenos por causa da isca.

O Lambari é fonte de alimentação de diversos outros peixes, então usar ele como isca viva é uma opção.

Uma dica para quem quiser pegar grandes quantidades desse peixe é usando a armadilha de garrafa PET.

Dá para pegar muito com a garrafa

Basicamente é só colocar a isca dentro da garrafa e fazer um ou dois furos: atenção ao tamanho dos furos, os orifícios não podem permitir a saída do peixe.

Ai é só colocar a garrafa em uma região de muito Lambari e aguardar.

E cabe atenção no local de pesca de Lambari: Ele foge do barulho, então é melhor evitar áreas de banhistas.

Em áreas com árvores cuidado para não enrolar a linha. É sempre bom observar áreas limpas com árvores podadas como sinal de que outros pescadores escolheram aquele local.

Lambaria ainda no anzol

Lambari Como Isca Viva

Um bom negócio que está florescendo é a criação de Lambari para a venda posterior como isca viva.

Na região do Noroeste paulista, é vendida cerca de 140 milhões de piabas por ano.

No estado de São Paulo são cerca de 105 lambaricultores por ano. O custo inicial de investir em uma criação do peixe é de R$ 300 mil.

Criação de Lambari em caixa d’água

O Lambari tem fácil reprodução e serve como isca viva para tucunaré, corvina, salmão, truta, traíra dentro outros diversos peixes.

Por isso a demanda para a isca de Lambari é bem alta, sendo ele a isca mais procurada na pesca esportiva.

O peixinho é uma ótima isca viva

E pelo tamanho do lambari não é necessário um tanque de grande porte.

O que faz a criação de lambari ser um negocio muito promissor.

Lambari no Combate a Dengue

Na região nordeste do Brasil o peixe é muito usado no combate a doença da dengue e outras doenças provocadas por mosquitos.

O lambari é muito utilizado em cisternas

O motivo é simples, ele ajuda na preservação da água pois lambari também se alimente de larvas e pequenos insetos.

Por isso é muito comum em algumas regiões do nordeste a criação de lambari nas cisternas.

Esta é uma forma eficiente e barata de manter a água livre de larvas mantendo controlado os mosquitos e evitando a dengue e outras doenças.

Lambari na culinária

Como é um peixe de pequeno porte, a piaba vai muito bem como tira gosto.

Lambari é usado em bares como petisco

Temperado com vinagre, orégano, sal fica uma delícia. Mas o tempero da fritura varia de acordo com o local do Brasil.

Você pode até inventar a sua! E é só acompanhar de bebidas e está pronto o seu tira-gosto!

Lambari sequinho para comer como acompanhamento

E sendo um peixe pequeno, é bom saber um truques para limpar o lambari antes de preparar essa delícia fritinha e crocante:

  1. Para descamar o peixe coloque algumas pedrinhas no samburá e balance. É bem mais prático do que com uma faca.
  2. Para abrir o lambari use uma tesourinha de ponta fina, nada de faca.
  3. Na hora de limpar deixe o máximo de gordura. A gordura é que dá gosto ao prato.
Prato de Lambari frito

Curiosidades sobre o Lambari

  • O Lambari tem o corpo prateado, mas as nadadeiras variam entre vermelho, amarelo e preto;
  • Como um peixe de pequeno porte que vem a flor d’água para se alimentar, a pesca é super divertida e ideal para iniciar crianças e jovens no esporte;
  • O nome Lambari vem do grego e significa aquele que tem longa barba.
  • Uma espécie de Lambari , o Lambari Rosa, tem sido bastante procurada pelo mercado de iscas vivas, pois é um peixe que chama a atenção na água.
Lambari rosa
  • O Lambari também é conhecido como Sardinha de água doce;
  • Em algumas regiões do país, esse peixe também é conhecido como Piaba;
  • A maior espécie de Lambari, conhecida como Lambari guaçu, pode chegar a 18 cm;
  • O fenômeno chamado piracema, em que o peixe sobe o rio para desovar, não ocorre com o Lambari;
  • Esse peixinho é conhecido pela sua rapidez, exigindo do pescador muita atenção durante a pesca;
O lambari é bastante ágil, por isso tem que pescar com cuidado
  • O comércio de Lambari para isca viva é muito lucrativo. Para a venda, eles são criados em cativeiro;
  • Uma nova espécie de Lambari foi descoberta em 2017: os machos são de cor avermelhada e as fêmeas são de cor amarelada. A espécie foi batizada de Hyphessobrycon myrmex;
  • O menor entre as espécies de Lambari é o Lambari-piquira que pode ter apenas 4 cm.
A nova espécie de Lambari Hyphessobrycon myrmex

Então pode preparar suas iscas pois deu para ver que é bem simples pescar o Lambari.

Pode ir tranquilo porque sei que vai gostar bastante, ainda mais quando você pegar vários de uma vez, depois vem e fala aqui como foi 😉

 

Deixe seu voto 😉
[Total: 1    Média: 5/5]
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta