Esturjão

Quem olha para este peixe nem imagina a quanto tempo está aqui…120 milhões de anos, esse é o famoso Esturjão.

foto do Esturjão

Ele é um dos vertebrados mais antigos do planeta e sua aparência até faz lembrar animais pré-históricos.

Lembra animais pré-históricos

Este é um dos peixes mais curiosos que conhecemos e é um dos maiores peixes de água doce do mundo. São 25 espécies de Esturjão e todas aparecem apenas no Hemisfério Norte.

As espécies mais conhecidas de Esturjão são as conhecidas como Sterlet, Kaluga e Beluga. Estes são os chamados “Esturjões Verdadeiros”.

Da espécie Beluga

Na América do Sul, ele foi trazido da Rússia há mais de 20 anos para o Uruguai e ali é cultivado apenas para a produção e exportação de seu caviar. 

As ovas das fêmeas podem valer R$10 mil reais o quilo.

Origem Do Seu Nome

Esturjão russo

Seu nome tem origem na palavra alemã stör, ou stören, que significa “remexer” ou então “cutucar”. 

Acredita-se que este termo foi usado porque o Esturjão se alimenta “fuçando” o fundo das águas atrás de alimentos.

Fuça o fundo das águas para comer

O seu nome científico é Acipenser spp., Huso spp, da ordem dos Acipenseriformes, da família dos Acipenseridae.

Principais Características

Ele possui 5 fileiras de placas ósseas

O Esturjão possui cinco fileiras de escamas que na verdade são placas ósseas(se parecem muito com a as placas ósseas do crocodilo) ao longo de todo seu corpo.

Seus olhos ficam no alto da cabeça que por sua vez, é também protegida pelas suas placas.

Seus olhos são protegidos

A parte debaixo de seu focinho, conta com 4 barbilhões que podem ser maiores ou menores de acordo com a espécie.

Quem não conhece e vê algo assim… com certeza sairia correndo (ou nadando)

Não tem dentes e sua barbatana dorsal fica bem próxima à sua cauda.

Quanto à cor, pode variar entre o cinza, roxo amarronzado, verde mais escuro ou castanho e seu ventre é branco.

O maior espécime registrado até hoje, tinha cerca de 8,5 metros e seu peso era de 1.300 kg. 

Porém como está em extinção e muitas fêmeas foram abatidas para a retirada de suas ovas, já não se encontram espécies tão grandes, até porque o Esturjão vive bastante e devido a pesca predatória, os peixes não tiveram tempo de crescer tanto.

Eles já não crescem tanto como antes

Normalmente os Esturjões têm cerca de  2 à 3,5 metros de comprimento. A espécie maior, que é o Esturjão Beluga, pode chegar a 5,5 metros, mas são raros. Podem pesar de 50 à 1.100 quilos de acordo com a espécie e idade.

Podem pesar mais de 1 tonelada!

Onde O Encontramos

São mais comuns na América do Norte, ao longo da costa leste. Mas também estão em rios e mares do sul da Rússia e Ucrânia.

Mais comuns ao Norte do Equador

De uma maneira mais simples, pode-se encontrar o Esturjão no alto Hemisfério Norte, ao Norte do Equador.

Você Conhece o Peixe Traíra? Saiba Que Esse Nome Não È Atoa, Clique Aqui e Descubra Tudo Dela.

Hábitos do Esturjão

Gostam de águas amenas

Vive em águas de temperaturas mais amenas. Muitas espécies costumam ficar no oceano e migrar para água doce só na época de sua reprodução.

Já outras espécies, vivem somente nos rios e lagos.

Esturjão Branco

São considerados peixes de fundo. Costumam habitar as regiões costeiras dos mares e oceanos em um profundidade de cerca de 10 à 100 metros.

Ficam entre 10 a 100 metros de profundidade

Seu hábito para se alimentar, é o de vasculhar o fundo das águas seja os solos arenosos ou lamacentos. Seus barbilhões captam o movimento das presas.

Esturjão Beluga e Seus Barbilhões para captar movimentos

Quando encontra o alimento, ele suga e junto, vai sempre um pouco de areia ou lama.

É um peixe tranquilo

É um peixe muito tranquilo, porém ao se sentir ameaçado pode subir rapidamente, de impulso até a superfície e saltar.

Esturjão do atlântico

Costuma usar a cauda para se defender.

O Esturjão tem o costume de entrar em um período de hibernação durantes os meses de temperatura mais fria.

Esturjão persa

É um dos peixes que tem a maior longevidade, podendo chegar a mais de 100 anos.

Podem viver mais de 100 anos!!

Alimentação do Esturjão

Como não tem dentes, ele se alimenta de peixes pequenos(os engole inteiros), crustáceos, moluscos, insetos aquáticos, artrópodes, vermes e plantas aquáticas.

Engole peixes menores

 Pode se alimentar de restos de peixes deixados por outros peixes maiores também.

Não tem dentes, se alimenta por sucção

À medida que ficam mais velhos começam a comer camarão. Em águas doces os mais jovens se alimentam de larvas de inseto, vermes, sanguessugas,etc.

Os mais velhos comem camarão

Na fase de desova eles praticamente não comem. Só depois de um mês é que voltam a se alimentar.

Reprodução e Acasalamento

Seguem em cardumes na época da reprodução

A reprodução e desenvolvimento no Esturjão acontece nas águas amenas dos estuários dos rios, onde eles nadam grandes distâncias a fim de manter sua espécie.

Sua reprodução acontece nos rios

Após no mínimo 6 anos(algumas espécies de Esturjão só atingem a maturidade sexual aos 20 anos de idade), quando atingem a maturidade sexual, eles nadam em direção às nascentes dos rios onde as fêmeas chegam a desovar 800.000 até 3,7 milhões de ovos em um ano, a cada 2 ou 6 anos. 

Coloca ovos a cada 2 ou 6 anos

A cada desova, elas liberam uma média de 3 milhões de ovos que são viscosos, grudam uns nos outros e aderem no leito do rio ou margens do lago.

Alevino pré-histórico

Depois de uma semana mais ou menos, eclodem e os bebês têm o tamanho de 1,3 centímetros de comprimento.

Eles crescem rápido

Crescem rapidamente nesta fase até atingir a idade adulta, quando então deixam a água doce e vão para o mar.

Esturjão

Os adultos continuam a crescer, mas muito lentamente.

Após a desova, as fêmeas voltam aos mares deixando os machos para trás. 

Estes ficam nessa zona estuarina até pegar a corrente dos rios e regressar aos oceanos fugindo da queda de temperatura das águas.

Juvenis de Esturjão Branco

Vamos à Pesca!

Somente pesca Esportiva!

É bom lembrar que a pesca está proibida. Somente a modalidade de pesca esportiva é permitida hoje.

Para se pescar o Esturjão é importante ter o equipamento correto. Neste caso, é preciso uma ação média e pesada, dependendo da espécie a ser iscada.

Usar ação média e pesada

A vara tem de medir em média de 1,8 a 2,7 metros de uma só parte. O molinete tem que comportar cerca de 220 metros de linha(lembre-se que ele fica no fundo) e com uma resistência de 80 libras.

Tenha muita linha

O anzol tem de ter o tamanho de 5/0 à 9/0 dependendo do tamanho a ser pescado.

No que se refere a isca, quanto mais fresca melhor, pois este peixe usa muito mais o olfato do que a visão.

Dê preferência a iscas naturais

Iscas naturais podem ser os lagostins, mariscos, carcaçãs, pedaços de peixe(ou peixes pequenos inteiros) e até mesmo pequenos pedaços de carne.

Se não usar a isca fresca, adicione aromas nas artificiais como o óleo de camarão, de sardinha e outros tipos de aromatizadores.

Feliz? imagina

Substâncias a base de feromônios são muito eficazes. Óleo vegetal com alho e cebola também podem funcionar.

O ideal é a pesca embarcada e buscar o Esturjão em áreas costeiras, canais e bancões de areia. Eles seguem a maré para buscar alimentos.

Olha o tamanho da criança

Em média a profundidade para manter a isca é de 1,8 metros para obter um bom resultado.

A beleza de um esturjão Branco

A mordida do Esturjão varia de acordo com a temperatura. No frio, as mordidas são mais lentas e repetitivas. 

No frio as mordidas são lentas

Estas mordidas intermitentes irão ajudar a diferenciar o movimento da linha devido à correnteza do movimento de mordida mesmo.

Quando a temperatura está mais alta, no calor, a mordida fica mais agressiva. Isso ocorre porque esta é a época da desova e os peixes ficam muito mais ativos.

Quando está quente são mordidas agressivas

Ao sentir que o Esturjão mordeu a isca, puxe firme para cima para garantir que o anzol se prenda mais fundo, já que a pele deste peixe é muito dura e resistente. 

Puxe o mais rápido possível, pois trata-se de um peixe muito forte.

Na hora de puxar, é preciso firmar bem o pé, pois ele vai saltar e tentar se desvencilhar a todo custo. 

Ele vai tentar se soltar a todo custo

Vale a dica de ter ajuda nesta hora para revezar e embarcar o bicho e todo cuidado é pouco, pois ele pode até virar o barco.

Ele pode virar o barco

Quando embarcado ou em terra, o esturjão faz de sua cauda forte e coberta de placas uma verdadeira arma. Existem muitos relatos de acidentes assim na hora da pescaria. 

Ele é muito forte

A cauda pode cortar a perna ou quebrar ossos do pescador desatento.

Muito cuidado com a cauda dele

Propriedades Nutricionais

Tem muito potássio e fósforo

A carne do Esturjão é riquíssima em nutrientes como o potássio e o fósforo; o que ajuda o sistema cardiovascular e também o cérebro.

Em 100 gramas deste peixe podemos encontrar 163,7 Calorias, 0 Carboidrato, 10,9 gramas de Gordura e 16,4 gramas de Proteína.

Carne do Esturjão

Esturjão na Culinária

No geral, algumas receitas pedem que se remova a pele do Esturjão, pois é considerada resistente. 

Mas é um peixe considerado iguaria mesmo em não se tratando de seu caviar.

Para começar, uma bela receita com fotos em cada etapa de preparo; o Esturjão Assado no Forno:

Esturjão Assado no Forno

Um receita tradicional é o Esturjão com Champignon e Creme Azedo no Forno:

Esturjão com Champignon e Creme Azedo no Forno

Para finalizar, também tem a opção do Esturjão Recheado:

Esturjão Recheado

Curiosidades

  • Antigamente, quando era caçado com mais facilidade, o Esturjão tinha outras finalidades comerciais como por exemplo fonte de couro para roupas e capas de livros, uma substância gelatinosa que ele tem na pele, a ictiocola, era usada como agente clarificante ou como gelatinas, colas, vinhos ou cerveja; 
  • Um chinês chamado Chen Lin conseguiu capturar um Esturjão fêmea imensa, mas não teve coragem de matá-la. Ela foi levada até um centro local de reprodução, onde seus ovos foram recolhidos para inseminação artificial e devolvida ao rio. Ela carregava cerca de 1,2 milhões de ovos. Ela foi devolvida ao rio Heilongjiang obviamente, com toda uma infraestrutura montada para seu transporte. Acompanhe aqui o vídeo desta façanha: 
O chinês ficou com dó desta Esturjão fêmea e a devolveu depois de extrair suas ovas para inseminação artificial
  • O Mar Cáspio é considerado como o melhor produtor de caviar do mundo;
  • A remoção das ovas da fêmea para o caviar tem de ser feita com ela ainda viva. Nas culturas deste peixe, a fêmea é anestesiada e tem suas ovas removidas, depois, é descartada;
Extração das ovas é feita com a fêmea ainda viva
  • A exportação de caviar de espécies selvagens hoje em dia é proibida. Somente Esturjões criados em cativeiro podem ter sua produção legalmente reconhecida;
Caviar hoje só se for produzido em cativeiro
  • A China é responsável por 85% da produção mundial de caviar, seguida da Rússia e União Européia;
25.000 dólares o quilo
  • O processo de transformação das ovas em caviar é bem complexo. Depois de extraídas da fêmea ainda viva e sedada, são imediatamente peneiradas, lavadas e escorridas. Passam por uma triagem de acordo com a consistência, tamanho e cor e salgadas em um tempo máximo de 15 minutos após a extração. Além disso corre-se o risco de estragarem;
Ovas de esturjão
  • Em 1922 foi pescado um Esturjão Europeu de 7 metros de comprimento com uma foto registrada, mas o maior registro aceito foi de 1827 com 7,2 metros de comprimento e 1,571 kg
Foto do esturjão europeu de 7 metros em1922
  • O rei inglês Eduardo II(1284-1327) no século XIV decretou que todo e qualquer esturjão capturado obrigatoriamente deveria ser dado aos senhores feudais. Daí a fama de iguaria nobre do peixe.
    Este mesmo rei também decretou que quem jogasse futebol ali, seria preso;
Rei Eduardo II
  • Um dos maiores espécimes de Esturjão foi pescado por um garoto de 19 anos no Canadá. Acompanhe aqui esta história.

Este sem dúvida é um dos peixes mais curiosos que pudemos conhecer. 

Seja pela sua aparência, história ou pescaria, este belíssimo peixe jurássico pode proporcionar altas emoções para quem participa de sua pescaria esportiva. 

Vale o esforço, sem dúvida, para participar desta aventura inesquecível, com certeza!

Deixe seu voto 😉
[Total: 1    Média: 5/5]
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •