Matrinxã

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\matrinxa (1)-min.jpg

Muito conhecido na Bacia Amazônica como o Saltador de Prata da Amazônia, o Matrinxã traz a possibilidade de uma bela aventura, pois é considerado um dos peixes que proporciona a melhor pesca esportiva de que se tem notícia.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\images (4)-min.jpg

Ataca a isca com veracidade, dá saltos espetaculares e briga bastante.

Muitas espécies se juntam ao Matrinxã quanto ao seu gênero Brycon. Os mais conhecidos são a Piraputanga, Pirapitinga, Piracanjuba e a Piabanha entre outros. 

A diferença entre eles está principalmente no tamanho e tonalidades de cor, mas são muito parecidos.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\hqdefault (2)-min.jpg

Origem do Nome

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\radAC3A820171117124845_880-min.jpg

De origem Tupi, Matrinxã significa das nascentes, também conhecido como Jatuarana.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\download-min.jpg

O nome científico, brycon, vem do grego e significa morder, roer.

Nome Científico: Brycon sp

Ordem: Characiformes

Família: Characidae

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\images (18)-min.jpg

Suas Principais Características

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Matrinxa (2)-min.jpg

É um peixe de água doce, com escamas, o Matrinxã possui um corpo mais alongado e comprimido. 

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\images (19)-min.jpg

De cor prateada, tem as nadadeiras alaranjadas e a caudal é mais escura do que as demais.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\07748c5e3c810b4a0a5cab8c5a985961-min.jpg

Tem uma mancha escura na região umeral.

Dentes forte, pontiagudos, estão distribuídos em várias fileiras no maxilar superior.  Sua mordedura é forte, cortante e triturante, mas a sua boca é pequena.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\matrinxaaa-min.jpg
Dentes fortes e pontiagudos

Muitas pessoas o chamam de lambari grande, pois é bastante semelhante, com exceção do tamanho que não tem nem comparação.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\WhatsApp-Image-2019-07-25-at-15.06.03-1024x683-min.jpeg
Um “lambari grande”

O Matrinxã produz um muco que o deixa mais liso, viscoso.

Pode medir até 70 cm e o peso, pode atingir os 5 Kg.

Onde Podemos Encontrar

É encontrado em toda Bacia Amazônica e Araguaia-Tocantins.

Mas outras espécies são encontradas por quase todo norte do país.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\pira-1024x670-min.jpg

Hábitos do Matrinxã

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\201703221490196894_peixe_img-min.jpg

Costuma ficar em rios de águas claras e lagos, preferindo ambiente onde existam estruturas submersas como pedaços de pau, madeira, barco afundado; pois assim pode espreitar suas presas.

O Matrinxã também prefere ambientes com vegetação tanto submersa como às margens do rio.

É fácil localizá-los em corredeiras e remansos.

Sua Alimentação

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\matrinxã2-min.jpg
Come de tudo um pouco

É onívoro. No período de cheia costuma comer frutos, flores, sementes e artrópodes.

É comum observar Matrinxãs se alimentando de frutas que caem das árvores próximas às margens do rio.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\unnamed (1)-min.jpg

Acompanhe aqui neste vídeo Matrinxãs fazendo a festa e comendo banana d’água.

Em função desta alimentação, o Matrinxã é classificado como importante dispersor de sementes, contribuindo muito para a manutenção das matas ciliares, várzeas e igapós.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\jatuapara-min.JPG

Quando vem o período da seca, come pequenos peixes e até pratica o canibalismo; além de se alimentar também de outros animais como insetos, caranguejos e caramujos.

Eventualmente pode atacar peixes de sua espécie ou mordiscar outros peixes mais lentos ou que pareçam vulneráveis.

Reprodução e Acasalamento

Realiza migrações reprodutivas (Piracema) para sua desova total, que acontece principalmente nos meses de Outubro à Fevereiro.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\images (1)-min.jpg
Alevino de Matrinxã

É uma migração longa rio acima e a eclosão das larvas vai acontecer 17 horas após a fertilização.

Com 36 horas de vida livre, os alevinos se alimentam inclusive de outros recém-nascidos no ambiente.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\images (7)-min.jpg
Alevinos se alimentam de seus “irmãos”

Não existe cuidado parental e as primeiras horas de vida do Matrinxã é uma grande prova, pois os que nascem primeiro tendem a se alimentar dos que nascem depois, os menores.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\images (17)-min.jpg
Um alevino recém-nascido devorando outro

Os juvenis e adultos são facilmente encontrados em quase todos os rios de águas mais claras, de um tom de chá e atrás de obstáculos submersos como pedras, vegetações, galhos ou troncos.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\cardume-min.jpg
O cardume rumo à reprodução

O Matrinxã vive, em média, 10 anos.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\MATRINXÃ-min.jpg

Vamos à Pesca!

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\Cópia (2) de IMG_Alessio - piracanjuba1290-min.JPG

A melhor época para sua pesca é durante a seca; pois assim ficam mais vulneráveis. 

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\galeriafoto_571_img1_brycon-orbignyanus-piracanjuba-bracanjuba-min.jpg

Na época da cheia, as Matrinxãs costumam se esconder embaixo das galhadas, pedras e vegetações em geral tornando impossível o arremesso.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\images (16)-min.jpg

Corredeiras e remansos também são bons locais para iscar seu Matrinxã.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\838418-min.jpg

Uma dica importante: silêncio! Ele pode se assustar facilmente e se esconder.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\COMOPERDERMENOSMATRINXAS-min.jpg

Este peixe é considerado hoje, um dos peixes mais esportivos de águas do interior do país.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\matrinxa-500x500-min.jpg

Ele faz ataques espetaculares às iscas artificiais junto com corridas fortes e saltos sensacionais.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\images (11)-min.jpg
Quando a isca improvisada funciona

Veja abaixo um pequeno exemplo dos belos saltos do Matrinxã.

O equipamento pode ser de resistência média/pesada, com vara que comporte linhas multifilamento de 10 a 20 Lbs, anzóis número 2 até o 6.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\19062019_084408_1-min.jpg
Multifilamento de 10 à 20 Lbs
G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\-anzol-12146-nickel-numero-1-0-cartela-com-50und-1556226669_40029_g-min.jpg
Anzol pode ser do número 2 ao 6

Carretilha e molinete têm de caber 100 metros de linha de 0,35 mm de diâmetro.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\unnamed (2)-min.jpg

Iscas

As iscas naturais podem ser de lambari, minhocas, milho, queijo, frutos, sementes, flores, coração, fígado de boi em tirinhas.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\figado-min.jpg
Isca de fígado de boi

As iscas melhores nesta pescaria são plugs pequenos de superfície, meia água e spinners.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\images (13)-min.jpg
G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\artifi inseto-min.jpg
Plugs pequenos, que imitam insetos funcionam muito bem

Uma boa técnica é arremessar a isca perto das estruturas que ficam embaixo da água ou na parte da água que ficam embaixo de árvores frutíferas.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\103-min.jpg

Trabalhe os plugs com toques pequenos para assim, atiçar a curiosidade e o ataque. 

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\db75280225e24088a0324f531826e649-min.jpg

Os spinners devem ser recolhidos uma maneira contínua, nem muito rápido e nem muito lento.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\Brycon-amazonicus-matrinxa2-min.jpg

Linhas mais finas aumentam a emoção da pescaria. 

Mas sempre tome cuidado, pois como o Matrinxã costuma saltar, a isca pode se soltar e ir em direção ao pescador. Cuidado com acidentes!

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\f48a5dbff23f11610776adb817833ab1_427x240-min.jpg

Se você conseguir fazer com que a isca caia na água de um modo parecido como frutas e sementes caem na água, já é meio caminho andado para uma pescaria de sucesso.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\DSC05592-min.JPG

O uso de empates curtos de aço pode ajudar caso existam cardumes de Matrinxã.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\ale-fotos-019-1024x683-min.jpg

Como sua mandíbula é frágil, procure embarcar a Matrinxã com a ajuda de um passaguá ou se for usar o alicate de contenção, apóie pela barriga com a palma das mãos.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\matrinxa pesca-min.jpg

Informação importante: não existe período de defeso para o Matrinxã, mas o tamanho mínimo de captura é de 30 centímetros.

Acompanhe aqui neste vídeo uma pescaria de Matrinxã no Araguaia.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\images (6)-min.jpg

Use Massa para Peixe

Se você quiser, pode preparar a massa para Matrinxã da seguinte forma:

Misture 300 gramas de farinha de mandioca crua, com 300 gramas de ração de peixe já triturada, 50 gramas de queijo ralado, 1 garrafa de pinga e um pacotinho de suco em pó sabor maracujá.

Depois de misturar tudo, colocando a pinga aos poucos(não vale desfalcar a receita,hein!) até formar uma massa; faça bolinhas do tamanho de um pão de queijo médio e coloque em um saco plástico.

Guarde na geladeira por até 2 dias.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\massa-min.jpg
Massa para Matrinxã

Esta receita é infalível tanto na pescaria aberta quanto em pesqueiro.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\hqdefault (1)-min.jpg

Propriedades Nutricionais

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\matrinxa-1024x683-min.jpg

Como a grande maioria dos peixes de água doce, o Matrinxã é muito saudável e riquíssimo em Ômega 3 e outros nutrientes que ajudam a fortalecer nossa imunidade.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\images_matrinx3-min.jpg

Uma porção de 100 gramas de Matrinxã pode oferecer 188 Calorias, 0 Carboidrato, 11 gramas de Gordura e 20 gramas de Proteína.

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\images (15)-min.jpg

Matrinxã na Culinária

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\matrinxa-2-min.jpg

A população na região Norte do país consome muito o Matrinxã, sendo este muito apreciado por todos os paladares.

Uma receita tradicionalíssima da é o Matrinxã ao Forno:

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\Matrinxa-ao-Forno-min.jpg
Matrinxã ao Forno

Uma outra boa pedida, é este maravilhoso Matrinxã Recheado:

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\recheado-min.jpg
Matrinxã Recheado

E que tal inovar na hora do churrasco com esta receita simples de Matrinxã Assado na Churrasqueira:

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\na churras-min.jpg
Matrinxã Assado na Churrasqueira

Curiosidades 

  • Devido a abundância deste peixe no Amazonas, indústrias locais estudam produzir Matrinxã em conserva. Assim como sardinha ou atum, este seria enlatado e oferecido no comércio. Para isso, os espécimes utilizados seriam ainda alevinos. O processo ainda está em estudo na região;
G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\images (20)-min.jpg
Matrinxã em lata?
  • Existe o cultivo do Matrinxã para fins comerciais; porém o que mais dificulta esta atividade é o fato dos recém nascidos da espécie serem canibais e atacarem os outros fazendo com que a taxa de vida seja mínima. Isso faz com que o preço dos alevinos seja bem mais alto do que a média de outras espécies. Um milheiro de alevinos de Matrinxã custa em torno de R$400,00 e para se cultivar a espécie à nível comercial, é preciso, no mínimo, 20 milheiros.
G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\hqdefault-min.jpg
  O cultivo de Matrinxã ainda é muito complexo e caro

O Saltador de Prata dá gosto de se ver. Sua pesca encanta tanto em rios, lagos quanto em pesqueiros.

Agora que você sabe mais sobre o Matrinxã, é mais do que a hora de sentir esta emoção bem de pertinho. Pronto?

G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\8-min.jpg
G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\006-min.jpg
G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\matrinxa_rio-min.jpg
G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\bbbb2-min.jpg
G:\Nova pasta (2)\Peixes\-Matrinxã\Excluidos\237755-243030-1272209-vendo-caranha-e-matrinxa-no-atacado-min.jpg
Deixe seu voto 😉
[Total: 5    Média: 4.8/5]
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Ei Vc, entre no Grupo do Telegram e veja as novidades da pescaAperte Aqui