[Covid-19] Golfinho agora pôde conhecer um novo amigo: Uma preguiça

Golfinhos aparentemente rindo no local de uma preguiça bem preguiçosa é a vibração positiva que todos nós precisamos agora. 

O Texas State Aquarium, que está temporariamente fechado até 1º de maio devido ao COVID-19, compartilhou imagens de seus golfinhos residentes de cabeça para baixo no Facebook no dia 26 de março.

“Com o aquário fechado temporariamente, a preguiça de Chico teve a oportunidade de uma reunião íntima e pessoal com alguns de nossos golfinhos”, escreveu o aquário em um post da rede social .

 “A Liko e a Schooner ficaram muito curiosas, e a Liko até se inspirou a tentar uma impressão invertida da preguiça!”

O aquário abriga quatro golfinhos atlânticos. Incluindo outros dois chamados Shadow e Kai, todos nascidos em um ambiente protetor e incapazes de serem liberados na natureza. 

Um dos seres mais formidáveis do planeta

Os golfinhos são uma das espécies animais mais inteligentes da Terra, conhecidas por seu comportamento lúdico e capacidade de não apenas aprender, mas também de aplicar esse conhecimento a situações novas ou desafiadoras, de acordo com a Conservação de Baleias e Golfinhos. 

Os golfinhos respiram o mesmo ar que nós, por isso dormem em curtos períodos para poder sempre subir para superfície. 

E esse “dormir” dele é curioso. Eles entram em um estado inconsciente e somente um dos hemisferios do cerebro descansa.

O outro lado fica ativo. Mas ainda assim mantém um olho aberto em alerta baixo para poder detectar predadores,outros animais e obstáculos.

Os mamíferos sociais vivem em grandes grupos. São conhecidos como vagens, contendo às vezes 1.000 indivíduos ou mais que caçam e brincam juntos, além de ajudar a criar filhotes. 

Os cetáceos dentados têm um quociente de encefalização  (tamanho do cérebro em relação ao tamanho do corpo) que fica atrás apenas dos seres humanos, de acordo com uma palestra do TED-Ed feita pelo neurocientista Lori Marino

Os golfinhos também são considerados empáticos. Existem muitos relatos anedóticos de mamíferos marinhos trazendo humanos afogando à superfície para respirar, de acordo com a National Geographic.

“Esses golfinhos são incríveis embaixadores para seus primos selvagens, ajudando-nos a aumentar a conscientização sobre as ameaças enfrentadas por mamíferos marinhos no Golfo do México e além.”

” Em Dolphin Bay, você pode aprender como o emaranhado, a poluição, as doenças e outras atividades humanas perigosas ameaçam os golfinhos e o que todos nós podemos fazer para ajudá-los a sobreviver ”, escreve o aquário em seu site .

Já publicamos aqui também sobre uma mulher que praticou o “coito” com um golfinho em um experimento científico.

Humanos não fazem bem para o Mar

Segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza, o golfinho-comum é uma espécie de menor preocupação em todo o planeta. Embora permaneça ameaçado principalmente por atividades humanas. 

Encontrados em águas equatoriais em todo o planeta, os Tursiops truncados estão entre os cetáceos mais comumente distribuídos em todo o mundo! Tem um número estimado de 750.000 indivíduos em águas tropicais e temperadas, dentro e fora do mar.  

A certa altura, um dos golfinhos parece imitar a postura invertida da preguiça. Texas State Aquarium

Nesses tempos sombrios é bom ver algo bonito de vez em quando,não concorda? 

E esses animais dão um show de beleza.

Fonte: Iflscience

Deixe seu voto 😉
[Total: 0    Média: 0/5]
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Ei Vc, entre no Grupo do Telegram e veja as novidades da pescaAperte Aqui