Alerta vermelho – Milhares de animais morrem em catástrofe na Rússia

Diversos animais mortos na praia

Um evento catastrófico na Península de Kamchatka, na Rússia, causou a morte em massa de animais marinhos, que estão cada vez mais se espalhando pelas praias ao longo da Costa do Pacífico.

As autoridades foram notificadas do evento pela primeira vez somente quando os surfistas começaram a relatar que as águas que era limpas e seguras agora estavam causando dor de garganta, febre e problemas de visão.

Depois foi percebido que só de ficar perto da água tem um um efeito venenoso.

Eventos de mortalidade massiva (MMEs) é o nome dado a eventos como esse. Quando um grande número de populações de animais morrem dentro de um curto intervalo de tempo. 

E como a morte de centenas de animais marinhos continuam aparecendo até as margens da praia de Khalaktyrsky, está se tornando mais aparente que a região está no meio de uma devastadora MME. 

Espécies afetadas incluem polvos gigantes do Pacífico, ouriços-do-mar, focas, caranguejos, estrelas e peixes que continuam a surgir nas areias negras vulcânicas.

Uma Substância Tóxica

Especialistas do World Wildlife Fund de Kamchatka relatam que há suspeita de uma substância altamente tóxica seja culpada, que estão se espalhando através deste hotspot marinho globalmente significativo. 

Amostras da área afetada estão sendo testadas pela WWF-Rússia para investigar a fonte da possível contaminação da água. 

Veja: O que precisamos saber sobre a poluição no oceano

A poluição tóxica de algum tipo é considerada a fonte mais provável no momento da escrita como teste preliminar pelo Ministério dos recursos naturais da Rússia já descartou a possibilidade de um derrame de petróleo ser a culpa. 

Especialista coletando água para analise

Eles também estão examinando fotos e imagens de vídeo da devastação para tentar isolar potenciais candidatos para o evento de contaminação.

Um pronunciamento foi feito

“Tal impacto aparentemente não pode ser o resultado de uma tempestade ou poluição da água com produtos petrolíferos”, disse Alexey Knizhnikov, chefe da Responsabilidade Ambiental Empresarial da WWF-Rússia, em um comunicado. 

Disseram que as focas se comportam como se estivessem em transe. Elas estão se recusando a mergulhar e passando o máximo possível na superfície. 

Parte dos animais mortos encontrados

“Há uma grande probabilidade de contaminação tóxica com uma substância de alta solubilidade.

A julgar pelo fato de espécies bentônicas de plantas e animais serem levadas para terra em grandes quantidades, tiramos uma conclusão preliminar de que não só a camada superficial de água está poluída, como teria sido em caso de derramamento de produtos petrolíferos, mas toda a massa de água. 

No entanto, em primeiro lugar, temos de receber os resultados das amostras de água e do exame de animais do mar mortos. Só depois disso será possível avaliar a origem e a escala da contaminação.”

Também disseram que seja um possível treinamento militar, uma vez que há um campo de treinamento perto.

Foi informado que a água mudou de cor e está com um cheiro tóxico, alertando que não é mais seguro para a saúde das pessoas.

A água está amarela
Deixe seu voto 😉
[Total: 0    Média: 0/5]
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Ei Vc, entre no Grupo do Telegram e veja as novidades da pescaAperte Aqui