Conheça os países que mais consomem peixes no mundo

O peixe é sem dúvida, um dos alimentos mais consumidos no mundo de hoje.
As pessoas em todo o mundo consomem peixes em suas casas e restaurantes com outras refeições.

Verdadeiros viciados em peixes


O peixe é um alimento básico em muitos países, enquanto outros é apenas considerado um tipo de refeição.
Alguns países têm um elevado consumo de peixes, vamos mostrar alguns dois países que mais consomem.

Veja também: Algumas curiosidades sobre peixes que você talvez não saiba

Convenhamos que peixes e os frutos do mar são um dos melhores alimentos e contêm diversos benefícios.

Em primeiro lugar está a China com 2.035.262. 17 toneladas

A segunda nação mais populosa do mundo consome a maior quantidade de peixes no planeta.
Com uma população de mais de um bilhão de habitantes, a demanda por peixes e mariscos é alta, e se reflete nas 2.035.262.17 toneladas consumidas anualmente.

E o cardápio é…. Novamente peixe!


As águas do mar da China por si só não podem ser suficientes, mas ainda sim, os arrastões chineses têm que ir até as águas estrangeiras para obter a preciosa mercadoria.
Em toda a China, a mercadoria é consumida tanto em restaurantes de baixo como em restaurantes de alto nível, dependendo da variedade e do preço disponíveis.
A indústria é também lucrativa, uma vez que os chineses têm sido capazes de produzir grandes volumes de produtos alimentares de peixe para outros países, como o Canadá e outras nações do mundo.

Segundo lugar está Mianmar com 1.501.415. 06 toneladas

Também conhecido como Birmânia, Mianmar tem o segundo maior consumo desde que o peixe é amplamente consumido como um alimento básico.
Uma vez que o país é abençoado com rios e tem uma costa onde a pesca pode ser feita, a pesca é amplamente praticada como uma atividade econômica. 

nga htamin prato típico do Myanmar, melhor arroz com peixe


No entanto, o país é propenso a inundações de monções, o que muitas vezes interfere na distribuição de peixes.
Apesar desta variável, o povo de Mianmar consome peixes e outros frutos do mar.
A má gestão da pesca interior e marinha durante o regime militar viu o declínio da qualidade e da quantidade de peixe a ser produzido, e deu origem a desnutrição da população.

Terceiro está o Vietnã 1.148.447. 43 toneladas

O país comunista Asiático ocupa o terceiro lugar no ranking. Os vietnamitas consideram comer peixe com maior frequência do que outros produtos alimentares disponíveis, devido à facilidade de preparação do peixe e à sua disponibilidade.

Panga, um do peixes mais populares do Vietnã


O peixe é também uma importante fonte de proteínas e aminoácidos.
Devido à sua importância para os vietnamitas, o governo colocou em prática fundos para expandir a indústria de frutos do mar através da construção de mais centros de processamento.

A política está alinhada com os planos quinquenais que terminaram agora em 2020.
O Vietnã também exporta seus produtos do mar para outros países da Ásia e do mundo, ganhando receitas do governo.

Quarto lugar está o Japão 730,783, 86 toneladas

O país vem em quarto lugar na lista de países que comem mais peixes, seu consumo é cerca de 730,783.86 toneladas por ano.
Alguns dos seus peixes são obtidos localmente dos oceanos próximos, e outros precisam ser importados para cobrir o déficit.

Sashimi prato típico do Japão


O país está entre os mais habitados da Ásia, o que quer dizer que são mais bocas que se alimentam de peixe e iguarias de frutos do mar.
A pesca no Japão é uma indústria lucrativa, apesar do declínio no consumo devido à adoção de dietas ocidentais pelo povo japonês.
A indústria vale mais de 10 bilhões de dólares, ou seja são mais de 53 trilhões de reais, e se beneficia de políticas governamentais favoráveis que oferecem incentivos e colocam cotas em produtos de peixe estrangeiros.

Alguns outros que completam a lista dos 10 países que mais consomem

Índia, Malásia, Costa do Marfim, México, Indonésia e Moçambique completam os dez maiores países consumidores de peixe.
O elevado consumo de peixe depende principalmente da disponibilidade de um ambiente propício à pesca e das políticas governamentais. 

Uma verdadeira fartura de peixes e frutos do mar


Sem contar com as características culturais do povo do país podem determinar o nível de consumo de peixe.

Deixe seu voto 😉
[Total: 0    Média: 0/5]
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Ei Vc, entre no Grupo do Telegram e veja as novidades da pescaAperte Aqui