Carpa

A carpa não é somente um belíssimo peixe, ela é e foi de extrema importância para muita gente.

A carpa muito mais que só beleza

Um dos peixes mais consumidos até o início da Revolução Industrial, a carpa se faz presente desde a antiguidade, pois era um dos alimentos mais rotineiros dos povos antigos, como os romanos, por exemplo.

Quando pensamos em Carpa, é comum a associação com aqueles peixes bonitos, coloridos, que enfeitam lagos e jardins principalmente os de tema oriental.

Porém existe a carpa “comum”, que é aquela muito apreciada tanto no esporte da pesca quanto na culinária, as fotos de cima e a de baixo são de carpas comuns.

Carpa comum

Vale a pena conhecer mais sobre este peixe rico em todos os aspectos.

Características

Representação de uma carpa

O nome Carpa originou-se do alemão Karpfen, através do latim carpa:carpaccio de carne.         

Veio dos rios e grandes lagos da Europa, Ásia e África,onde enfrentam o risco de extinção das espécies selvagens.

É muito propagada como peixe de criação aonde pode ser considerada como espécie invasora uma vez que veio de outra região e se instalou modificando o ecossistema e o meio ambiente ao seu favor em detrimento das espécies que antes ali estavam.

Pode ser considerada um peixe envasor

O seu nome científico é Cyprinus carpio e ela pertence a família: Cyprinidae

Ela possui uma boca relativamente pequena com uma espécie de bigode chamado barbilhão que é curto e funciona como se fosse uma antena a localizar algumas de suas presas.

Seus dentes não ficam a vista

Assim como outros peixes desta ordem, as carpas não possuem os dentes nos maxilares assim a vista; elas possuem os chamados “dentes faríngeos”, ou seja, o maxilar é mais adiante, na garganta e ali se instalam os dentes.

Vivem em rios e represas e é encontrada nas regiões sul e sudeste do Brasil.

Possui escamas em forma de círculos por todo seu corpo ou concentradas apenas em alguns pontos em certas espécies.

Aliás, estima-se que a carpa tenha hoje em dia mais de 3.000 espécies catalogadas enquanto que nos que diz respeito a Família, esta reúne mais de 20 famílias.

Dentre as muitas espécies de carpa comum, as mais conhecidas são a Carpa Capim, Carpa Húngara, Carpa Cabeça Grande ou Cabeçuda, Carpa Espelho entre outras.

Seu corpo é mais curvado no dorso e mais reto na região da barriga ou abdomem. Os machos se diferenciam das fêmeas pela grande nadedeira ventral(na barriga).

Hábitos da Carpa

Vive em lagoas, lagos e rios em todo o mundo.

Curiosamente também tem em alguns esgotos do japão.

Carpas no esgoto do japão

A carpa tem preferência por águas mais calmas e quentes, porém pode ser encontrada em quase todos os tipos de água doce. Prefere as águas pouco profundas e com vegetação local para alimentar-se.

Algumas carpas podem viver até os 60 anos de idade mas sua estimativa de vida fica em torno dos 30.

Alimentação da Carpa

Carpa se alimentando

A carpa comum come de tudo: pequenos vermes, animais, plantas e material orgânico. Como são predadores de larvas e ovos de peixes nativos, podem acabar comprometendo a fauna aquatica local.

Reprodução

Carpas em ação reprodutiva

As carpas se reproduzem uma única vez ao ano, entre o período do fim do inverno e o começo da primavera.

Fêmea desovando em um aquário

Os ovos da fêmea variam de tamanho de acordo com sua idade: quanto maior a idade, maiores os ovos.

Os ovos são mais pesados e têm uma espécie de substância adesiva, o que faz com que fiquem “colados” à vegetação(raízes do aguapé ou ramos de cedrinho por exemplo)

Objetos submersos o que evita que os filhotes morram por falta de oxigênio ou sejam devorados por outras carpas e predadores.

As ovas da carpa contém uma substância adesiva que as fazem aderir a plantas e objetos dentro da água.

Uma fêmea de 1 quilo pode produzir uma média de 100.000 ovos. Fêmeas maiores podem chegar a 300.000 ovos.

Já os machos atingem a maturidade sexual no primeiro ano, quando já pesam em torno de 600 gramas.

A desova acontece nas regiões mais quentes, lá para o mês de Agosto. Nas regiões mais frias, isto acontece depois que as águas atingem uns 20°C, ou seja, geralmente na segunda quinzena de Setembro até Outubro.

Alevinos de carpa capim

Quando acontecem variações súbitas de temperatura, pode acontecer de a fêmea passar por duas desovas, mas neste caso a produção de ovos é pequena.

As Leis Ambientais

A carpa também integra o grupo dos peixes que tem a Piracema como método de reprodução. Elas nadam contra a corrente para procriar.

O período onde a pesca é proibida é entre novembro e abril, podendo variar um pouco de acordo com a região em que se está pescando.

Você pode conferir a tabela do IBAMA com estas informações clicando aqui.

Respeitar as leis ambientais garantem a procriação das espécies e evita muita dor de cabeça

Para mais informações sobre as leis ambientais para pesca no país, dê uma olhada neste site.

Vamos à Pesca

Quer ter uma idéia de como é fisgar este belíssimo animal?

Vamos à um aperitivo desta pescaria antes de dar as melhores dicas para sua aventura.

Ver esse monte de carpa instiga ainda mais, não?

Equipamentos

Sempre ao escolher os equipamentos de pesca, devemos ter uma noção do peso que pode alcançar o animal a ser fisgado.

Como a carpa pode ultrapassar os 30 quilos, um equipamento de ação média dá conta do recado.

Vara ideal para pescar carpa

Seja de fibra de vidro ou de fibra de carbono, uma vara de 2,15~3,60 metros é flexível o bastante para as carpas maiores.

Pode-se pescar tanto no fundo quanto com a bóia.

Caso você prefira carpas menores, uma vara de grafite com capacidade 1,5 quilos é o suficiente. Lembre-se que vara de grafite é mais suscetível a rompimento ou quebra. Por isso, esta deve ser usada só em pesca de peixes menores.

Linhas, Molinete e Anzóis

Equipamentos parar pescar a carpa

A linha deve ter de 8 a 17 Lbs, carretilha ou molinete com capacidade para 70 metros de linha com 0,40mm de espessura e anzóis do tipo maruseigo de tamanho 1/0 a 3/0.

As linhas devem ser de monofilamento ou multifilamento resistentes.

Linha Monofilamento

A linha monofilamento tem a vantagem de oferecer nós mais confiáveis, o que pode fazer a diferença em alguns tipos de pesca.

Linha Multifilamento

A monofilamento de naylon tem um índice de flutuabilidade quase zero e pode ser esticada e ainda absorver o tranco de peixes maiores.

Iscas Naturais

Iscas Naturais Pesca de Carpa

Como a carpa tem uma dieta variada, podemos contar com muitos tipos de massa para carpas de acordo com a espécie.

As iscas mais usadas são: milho doce, azeitona, amendoim, salsicha, minhoca, broa de milho, trigo, feijão frade, queijo, milho, pão, fiambre, batata, etc.

Carpa fisgada com isca de milho

O milho doce em lata é a melhor dica para quem deseja fisgar uma carpa. Além do açúcar, outros ingredientes como os sais e aminoácidos atraem a carpa.

Vale ressaltar que as carpas são atraídas também pelas cores fortes.

Ração, junça, grão-de-bico, cânhamo e larvas também são bem aceitas pelo peixe.

Pulo do gato!

Para atrair as carpas , faça uma ceva com pão, massa ou pipoca.

Iscas Artificiais

As carpas também são atraídas por iscas artificiais. As mais coloridas, que fazem som de inseto, por exemplo, podem nos proporcionar em uma bela pescaria.

Iscas Artificiais

Os Locais

Como já dissemos, a carpa costuma ficar em rios, açudes, lagoas, etc. E também vimos que ela come a vegetação do ambiente. Sendo assim, procure um local com plantas ou vegetação na superfície, daquelas que ficam boiando ou raízes de árvores, vegetação costeira.

Um local ideal para a pesca de carpa

Estes são os lugares aonde a presença das carpas é quase certa tanto porque a vegetação traz mais oxigênio apara a água quanto por ser ambiente natural onde a carpa costuma desovar.

Curiosidades Sobre a Carpa

  • A carpa se é altamente adaptável. Elas conseguem adaptar-se até ao tamanho do ambiente aonde vivem. Se vivem em um aquário ou espelho d’água por exemplo, elas terão um tamanho menor, se estiverem soltas em grandes ambientes, crescem de acordo.
A carpa cresce de acordo com o tamanho do ambiente em que vive
  • Os peixes que vivem em águas mais puras tendem a ser mais saborosos e desenvolvem cores diferentes.
  • Não existe uma carpa igual à outra. Sua cor, pigmentação e tonalidade da pele é como nossa impressão digital: são únicas.
As carpas são únicas
  • Quanto melhor tratada e com mais cuidados com a água e sua alimentação, mais tempo ela vive. A média de vida é de 5 a 10 anos, mas existem relatos de carpas que passaram dos 50 anos.
  • No Japão, sua terra natal, as carpas tem um forte simbolismo. Representam coragem e esperança.
  • Elas podem ser ensinadas. Se treinadas, elas chegam a comer na mão da gente.

  • Uma das lendas mais conhecidas sobre a carpa é a de que esta quando consegue subir o rio, se transforma em um dragão.
  • A tatuagem de carpa traz significados particulares de acordo com as cores e tonalidades. Geralmente o vermelho e o laranja são as cores predominantes e representam prosperidade e alegria.
Desenho de carpa para tatuagem

Valor Nutricional da Carpa

Uma porção de 170 gramas de carpa oferece cerca de 275 calorias, 12,2 g de gordura, 0,0 carboidrato e 38,9 g de proteína.

A Carpa Na Culinária

Muito apreciada à mesa, a carpa é bem versátil em seu preparo. A receita mais usada porém, é a de carpa assada no forno, na brasa, na grelha, na churrasqueira ou até mesmo recheada.

Carpa na Grelha

Esta carpa na grelha é uma opção fácil e deliciosa!

O que dizer de uma bela carpa recheada como essa na mesa?!

Carpa Recheada

Em se tratando de carpa, o que manda na hora de seu preparo é sua criatividade! Já ouviu falar da Carpa Pizza Aberta?

Carpa Pizza Aberta

As Nishikigois (Carpas Coloridas)

Nishikigois (Carpas Coloridas )

Além das carpas comuns as carpas coloridas são muito famosas pela sua beleza e peculiaridades.

Ao longo do tempo, com a variação genética espontânea, várias cores, tons e tipos de manchas coloridas predominam na carpa colorida, ornamental ou estampada.

Estas variações genéticas deram origem a três tipos híbridos: o Higoi que é a carpa vermelha, o Asagui que é a azul e vermelha e por último, a Bekko que é a branca e preta.

As muitas espécies tem participação em muitas exposições aonde as regras estipulam oito divisões de tamanho para os jurados avaliarem. Na divisão um, estão os Kois de até 18 cm, até a divisão oito, eles são maiores do que 75 cm.

Uma linda Showa Sanshoku

No Brasil existe uma Associação Brasileira de Nishikigoi(ABN) desde o ano de 1978 que reúne criadores, expositores e aquariofilistas em várias exposições distribuídas por diversas regiões de nosso país.

A carpa é, sem dúvida, um dos peixes mais encantadores e fascinantes que conhecemos. Digno de apreciação e também ideal para a pesca.

Depois destas informações, não dá vontade de pescar ou ir em algum aquário só para aprecia-las?

Quem disse que só que podemos pesca-las?
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •